segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

CHOQUE DE REALIDADE - as partes chatas!

Gente, eu andei lendo meu último post e, apesar de ser TUDO VERDADE, senti que faltou aquela dose de realidade cruel. Eu sei que ela existe! Ela sempre existe. Ou eu perco a capacidade de escrever né? Então, bora reencontrar aquela informação ardida e difícil de engolir.

O casamento tem momentos chatos. Tem sim, e não me venham com frases do tipo "o amor tudo supera". Eu sei que supera, mas isso não muda o fato de que MOMENTOS CHATOS são MOMENTOS CHATOS.

Por exemplo, semana passada, quando voltavamos da casa do Gerson, um rapaz hiper gente boa do coral da UMADC, o nosso carro simplesmente parou de funcionar. Como Deus é nosso guia e protetor na prática, apesar de o relógio marcar 2 horas da manhã, demos a sorte de isso acontecer quando estavamos acompanhados de um segundo carro, guiado por ninguém menos que Quezia Mattos, super-heroína metida a ajudar todo o mundo nas coisas mais chatas que existem (sim, existem pessoas com esse talento!. Além da cia e de um carro extra, estavamos a 30 metros de um posto de gasolina movimentado onde algum abençoado nos forneceu o telefone de emergência de um guincho que ficava há duas quadras do local. Em menos de meia hora tudo se resolveu e eu, meu marido e o carro zuadinho chegamos em casa.

As horas que se seguiram foram muito chatas, afinal, eu não tinha a menor idéia do que fez o carro parar e a possibilidade de ser alguma coisa muuuito cara é desesperadora. Só no meio da tarde descobrimos que o problema automotivo se resumia a um fusível queimado. FESTA! Alívio!

Quando a gente mora com pai e mãe, esses transtornos também existem, mas não parecem estar tão perto.

Essa noite foi um daqueles momentos chatos também. Imaginem que um mal estar me pegou pelo braço e brigamos por horas... eu me sacudia, rolava no lado da cama que me cabe, fungava de raiva e, mesmo sem querer, acordava o coitado do maridão que não conseguiu dormir direito. O nick do msn dele hoje é SONO DOMINA. Tadinho! É gente, foi chata, a noite foi chata pra nós dois.

Chatice é um troço que permeia temporariamente todos os ambientes da nossa história. E esse blog, que sempre foi legal, continua sua construção com esse textinho chato pra caramba, que metade de vocês deve estar arrependida de ter lido e a outra metade não vai pensar no assunto pra não ficar chateada.

Eu sei, foi judiação. É chato, mas é verdade!

Um comentário:

  1. Gente, é o texto chato mais legal que eu já li!!
    huhauahuahau
    Abç!

    ResponderExcluir